Um debate teórico da tipificação do modelo de partido anarquista - Núm. 10-2, Junio 2019 - Revista Chilena de Derecho y Ciencia Política - Libros y Revistas - VLEX 839685591

Um debate teórico da tipificação do modelo de partido anarquista

Autor:Bruno Lima Rocha
Cargo:Jornalista, professor dos cursos de Jornalismo e Relações Internacionais da Unisinos, pesquisador do grupo Cepos e vice-líder do Grupo de Pesquisa Capital e Estado (CAPETA)
Páginas:97-121
RESUMEN

O modelo que apresentamos em particular não se trata de uma novidade para o universo da política. Se os estudos sobre o tema são novos ou inexistentes, se este formato de organização política não se transformara em objeto estudo, isto se deu devido à correlação de forças no interior do campo e da academia e da ausência de transposição dos debates travados na esquerda mundial para o universo acadêm... (ver resumen completo)

 
EXTRACTO GRATUITO
97
REVISTA CHILENA DE DERECHO Y CIENCIA POLÍTICA
DICIEMBRE 2019 • E-ISSN 0719-2150 • VOL. 10 • Nº 2. PÁGS 97-121
RECIBIDO 09/08/2019 - APROBADO 18/11/2019
DOI 10.7770/RCHDCP -V10N2-ART2010
  
Um debate teórico da tipificação do modelo de
partido anarquista
A theoretical debate on typification of the anarchist party
Bruno Lima Rocha1
Universidad del Vale del Rio de los Sinos, Brasil
RESUMO O modelo que apresentamos em particular não se trata de uma no-
vidade para o universo da política. Se os estudos sobre o tema são novos ou
inexistentes, se este formato de organização política não se transformara em
objeto estudo, isto se deu devido à correlação de forças no interior do campo
e da academia e da ausência de transposição dos debates travados na esquerda
mundial para o universo acadêmico. Este modelo aborda a organização política
de militantes especificamente aderentes a um corpo ideológico-doutrinário.
Por não ser de massas, em contraposição, está no formato de quadros, sem
filiação aberta e cujo grau de compromisso dá-se através dos círculos concên-
tricos. Tal modalidade ganha definições ao longo de sua história, tais como:
organicismo, plataformismo, especifismo; todas identificadas também como a
definição de partido anarquista (federação específica).
PALAVRAS-CHAVE Partido anarquista; círculos concêntricos; formação
de quadros; democracia radical.
__________________________
1. Jornalista, professor dos cursos de Jornalismo e Relações Internacionais da Unisinos, pesqui sador
do grupo Cepos e vice-líder do Grupo de Pesquisa Capital e Estado (CAPETA). Pós-doutorando em
Economia pela UFRGS, Doutor em Ciência Política pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul
(UFRGS). Mail: blimarocha@gmail.com.
98
LIMA ROCHA
UM DEBATE TEÓRICO DA TIPIFICAÇÃO DO MODELO DE PARTIDO ANARQUISTA
RESUMEN El modelo que presentamos aquí no es ninguna innovación para las
ciencias políticas. Si los estudios sobre este tema son nuevos o inexistentes,
si este formato de organización política no se ha transformado en objeto de
estudio, esto se debe a la correlación de fuerzas al interior del mundo acadé-
mico y a la falta de la transferencia de los debates trabados por la izquierda
mundial hacia dicho mundo. Este modelo aborda la organización política de
militantes específicamente adherentes a un cuerpo ideológico-doctrinario. Por
no ser una postura de masas, todo lo contrario, se ocupa el formato de cuadros,
sin afiliación abierta y cuyo grado de compromiso ocurre a través de círculos
concéntricos. Esta modalidad se ha definido de distintas maneras a través de su
historia, tales como: organicismo, plataformismo, especifismo; las mi smas que
se identifican como la definición del partido anarquista (federación específica).
KEYWORDS Partido anarquista; círculos concéntricos; formación de
cuadros; democracia radical.
ABSTRACT e model presented in this paper is not an innovation for the po-
litical sciences. If studies on the subject are new or inexistent, if this format of
political organization has not become an object of study, this is due to the co-
rrelation of forces among mainstream academics, and also because the debates
engaged in by the left wing around the world have not been transferred to the
academic arena. is model enquires into the political organization of mili-
tants, specifically supporters of ideological-doctrinaire bodies. Because this is
not a position adopted by mass groups, rather the opposite, it adopts a format
of political cadres, without open affiliation and with a level of commitment
that increases within ever smaller concentric circles. is type of organization
acquires definitions over the course of its history, such as organicism, platfor-
mism and specifism, all of which are also identified with the definition of an
anarchist party (specific federation).
KEYWORDS Anarchist party; concentric circles; formation of cadres; ra-
dical democracy.

Para continuar leyendo

SOLICITA TU PRUEBA